Quando pensamos em manter uma alimentação limpa e 100% saudável, aposto que você pensa em cortar uma série de alimentos da sua vida não é mesmo?

Com o avanço da tecnologia de alimentos e da conscientização a respeito do assunto, encontramos muitas maneiras de manter a alimentação nutritiva sem precisar tirar nada do cardápio, nem aquele pão quentinho com manteiga.

Foi-se o tempo em que para ter uma alimentação saudável não se podia comer pão, nem massa, nem carne vermelha, nem utilizar gorduras.

Aquele famoso bife sem nada com uma saladinha sem graça é coisa do passado! Hoje em dia existem substituições incríveis e deliciosos que permitem que a gente coma de forma saudável, consciente e o mais importante: com muito sabor!

É sempre importante lembrar que se você está no processo de mudar sua rotina alimentar: vá calma! Não precisa mudar tudo do dia para noite. As chances de você se perder, achar tudo um saco e jogar tudo pro alto rapidinho é enorme.

Aos poucos você vai aprendendo como substituir os alimentos, aprendendo novas receita, descobrindo novos sabores e tudo fica bem mais fácil.

Além de levar em conta alimentação no geral, existe outro aspecto que já abordamos por aqui que é o estilo de vida vegano/vegetariano.

Com criatividade a gente consegue transformar os vegetais em deliciosas receitas. Se alimentar sem inserir alimentos de origem animal no cardápio já pareceu um bicho de 7 cabeças mas já provamos que pode ser viável sem perder a graça ou ter uma rotina alimentar monótona.

Um bom começo é trocar os carboidratos simples (farinha branca, arroz branco, macarrão branco, pão branco) por carboidratos complexos (tudo que é integral, leia os rótulos!).

Fazendo essa troca, você garante mais nutrientes e mais fibras na sua refeição, já que o processo de refinamento dos carboidratos fazem com que ele perca seus nutrientes.

Depois comece trocando o açúcar branco. As melhores opções de açúcar provenientes da cana são: melado, açúcar mascavo e açúcar demerara, nessa ordem. Mas também é possível trocar por açúcar de coco, que possui menor índice glicêmico e é rico em vitaminas do complexo B.

Outra substituição que pode ser interessante (com cuidado e com o auxilio do seu nutricionista) é a forma de preparo das verduras e legumes. Ao invés de utilizar sempre na salada, você pode assar, refogar, cozinhar, fazer purê e por aí vai. Abaixo segue um exemplo de chips de couve:

Para os veganos e vegetarianos de plantão, também temos ótimas substituições. Nutricionalmente, invista nas proteínas de origem vegetal: feijões, lentilha, ervilha e tofu orgânico e soja orgânica.

Para agradar seu paladar, aposte nas receitas com hortaliças: utilize o espaguete de abobrinha, a lasanha de berinjela, a coxinha de batata doce com tofu, as almôndegas de espinafre, vá em busca de receitas diferentes.

O leite de vaca pode ser substituído por leites vegetais, o ovo em bolos e pães, pode ser substituído por linhaça hidratada em água e a carne pode ser substituída por cogumelos orgânicos.

Que tal descobrir mais opções de alimentos inteligentes clicando aqui!

É claro que você vai precisar de um bom profissional para lhe orientar sobre as quantidades em cada substituição para garantir seu aporte de nutrientes. Fora isso, use e abuse da sua criatividade, você tem, basta usá-la!

Deixe uma resposta